Irina Peseleva, da Rússia: estudando inglês no Programa Intensivo de Língua Inglesa e Psicologia na Temple University

Irina Peseleva, da Rússia: estudando inglês no Programa Intensivo de Língua Inglesa e Psicologia na Temple University

Em nosso esforço para levar um bom conteúdo para o maior número possível de pessoas, o texto deste artigo foi traduzido automaticamente, então desculpe quaisquer erros. Obrigado!

Por que você decidiu estudar nos EUA?

Em um site russo, li que, se seu primeiro idioma é o eslavo, o Programa Intensivo de Inglês (IELP) da Temple University é a melhor escolha. Vim visitar a Filadélfia primeiro e me apaixonei pela cidade. É incrivelmente diversificado e amigável. Depois de passar pelo IELP, descobri que o departamento de psicologia também é muito forte na Temple e um diploma de bacharel daqui é considerado uma coisa boa quando se candidata a um programa de mestrado.

O que você mais gosta?

O melhor é que todos os professores ajudam na medida do possível. Eles sempre encontram tempo extra e explicam as coisas repetidamente se você não entender.

Do que você mais sente falta?

Minha familia e amigos. É difícil no começo porque é uma nova cultura. Felizmente, tive o programa IELP aqui em Temple . Todos aqueles alunos são como uma família para mim agora.

Qual foi a sua maior surpresa?

Que você pode gerenciar suas próprias aulas! É incrível, especialmente quando você está trabalhando.

Como você lidou com:

... diferenças de idioma?

Se não entendo algo, pergunto às pessoas: “Tente me explicar como a uma criança de cinco anos” e sempre funciona.

... ajustando-se a um sistema educacional diferente?

Eu obtive meu primeiro diploma de bacharel na Rússia e todo o sistema é completamente oposto. Eu gosto mais dos EUA, de novo, os professores ajudam. Você administra seu próprio tempo e pode tirar proveito de muitas atividades extras e clubes no Temple.

Quais são suas atividades?

Participo de muitas atividades com alunos internacionais. É meu hobby favorito até agora.

Foi fácil ou difícil fazer amigos?

Para mim foi fácil. Comecei no programa de inglês. A equipe conseguiu nos unir.

Quão relevante é a sua educação nos EUA para seus objetivos pessoais e para as necessidades de seu país?

Eu quero fazer um mestrado em psicologia. No meu país, não é uma mente tão aberta, espero poder trazer essa centelha.

Qual é o seu conselho para outros alunos que estão pensando em estudar nos Estados Unidos?

Acho que viver em outra cultura é sempre uma coisa boa. Isso mantém você com a mente aberta. Os EUA oferecem a você a oportunidade de conviver com todas as culturas ao mesmo tempo e fazer amigos do mundo todo. Rompe todas as fronteiras.

Show More

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®

Related Schools