Como escrever um ensaio ilustrativo para obter uma nota A +

Como escrever um ensaio ilustrativo para obter uma nota A +

Em nosso esforço para levar um bom conteúdo para o maior número possível de pessoas, o texto deste artigo foi traduzido automaticamente, então desculpe quaisquer erros. Obrigado!

Muitos alunos lutam para escrever uma redação para a faculdade, mas ficam ainda mais confusos quando chega a hora de fazer uma redação ilustrativa. Que raio é isso?

Ao contrário dos papéis tradicionais da faculdade, os ensaios ilustrativos são altamente específicos porque precisam seguir uma lógica e uma estrutura cuidadosamente estabelecidas. É uma espécie de jornal que obriga os alunos a apoiar todas as afirmações com evidências indiscutíveis, o que é um verdadeiro desafio para os jovens acadêmicos.

Mas você não deve se desesperar, pois estamos aqui para ajudá-lo a aprender como escrever um ensaio ilustrativo para obter uma nota A +. Vamos dar uma olhada!

O que é um ensaio ilustrativo?

Antes de começarmos a discutir os conceitos básicos de ensaios ilustrativos, precisamos explicar o que realmente significa. Por definição, uma ilustração é um exemplo ou instância que ajuda a tornar algo claro.

Este é exatamente o propósito de um ensaio ilustrativo - apresentar um determinado tópico de uma forma que pareça perfeitamente claro, lógico e compreensível. Esse tipo de trabalho universitário também é conhecido como “ensaio de exemplo” porque você deve usar exemplos da vida real para apoiar suas afirmações.

Qual parece ser o objetivo de um ensaio ilustrativo?

Na maioria das vezes, os alunos escrevem ensaios ilustrativos porque precisam preparar suas futuras teses. Durante esse processo, eles aprendem como pesquisar um determinado tópico, coletar informações úteis e estabelecer correlações entre conceitos teóricos e práticos. Este é o cerne da melhor redação que o ajudará com os próximos trabalhos da faculdade.

Jake Gardner, redator de ensaios da Dissertation Today , explica que um ensaio ilustrativo bem escrito contém certas características que o destacam entre os trabalhos de baixo desempenho. Aqui estão alguns dos recursos mais importantes:

  • Estilo claro e conciso: os ensaios são formas curtas que requerem um tom claro e prático. Você deve evitar frases passivas e se concentrar em declarar sua mensagem diretamente.
  • Escrita baseada em dados: a evidência está na raiz de tudo. Você não pode criar um ensaio ilustrativo significativo sem fatos e exemplos comprovados.
  • Novos pontos de vista: é claro, um de seus principais objetivos deve ser escrever um artigo ilustrativo que forneça aos leitores novos pontos de vista.

A Estrutura de um Ensaio Ilustrativo

Os ensaios ilustrativos típicos são relativamente curtos, então tente mantê-los em três páginas, a menos que seu mentor diga o contrário. No entanto, a contagem de palavras não é a única coisa com que você precisa se preocupar aqui, pois também é importante manter o formato usual de um ensaio ilustrativo.

De um modo geral, os ensaios ilustrativos seguem a estrutura tradicional com uma introdução claramente definida, uma parte do corpo e uma conclusão sólida. Vamos ver como funciona na prática:

Introdução

O capítulo de abertura de seu ensaio é onde você apresenta a ideia controladora de seu trabalho, também conhecida como tese. Deve dar aos leitores uma breve visão geral de seu artigo e ajudá-los a descobrir o propósito de seu ensaio.

Corpo

Como sempre, a parte do corpo da redação é seu principal componente. Seu trabalho é projetá-lo de forma inteligente, porque é a única maneira de provar seu ponto de vista e apoiar a tese. A parte do corpo é onde você deve exibir evidências para solidificar os argumentos teóricos.

Existem duas soluções básicas aqui, e elas diferem pela ordem de importância. A primeira opção é apresentar a evidência mais impressionante no início e depois passar para os argumentos menos relevantes. Por outro lado, você pode começar devagar e melhorar gradualmente, apresentando as evidências mais fortes posteriormente.

Outra coisa que você deve ter em mente é que os ensaios ilustrativos contêm pelo menos três ou quatro exemplos, portanto, você precisará fazer transições suaves de um ponto para outro. Faça isso com as chamadas palavras de transição, pois elas tornam mais fácil apresentar suas afirmações de maneira suave e natural. As palavras e frases de transição mais comuns são:

  • Por exemplo
  • Por exemplo
  • Em particular
  • Em primeiro lugar, em segundo lugar, em terceiro lugar, etc.
  • Finalmente
  • Próximo
  • além disso

Conclusão

O último capítulo é onde você repete a tese principal e faz um resumo de todas as afirmações da parte do corpo.

6 dicas para escrever um ensaio ilustrativo perfeito

Com tudo o que você viu até agora, a única coisa que falta aprender é como escrever um ensaio ilustrativo. Aqui está uma lista de seis dicas práticas para você.

1. Selecione um tópico

A primeira coisa que você precisa fazer é escolher um bom tópico que realmente seja importante para você e seus leitores. Freqüentemente, isso é algo que incomoda os jovens acadêmicos - algum tipo de problema ou questão social comum.

2. Comece sua pesquisa

Este é provavelmente o estágio mais importante da criação de um ensaio ilustrativo, pois você terá que coletar evidências suficientes para apoiar a tese. Existem todos os tipos de recursos de informação a serem considerados, incluindo livros, sites, jornais, citações, relatórios públicos e muitos mais.

3. Crie um esboço

Agora você precisa criar um bom esboço que lhe dê uma visão geral clara do papel. Você deve apresentar uma tese convincente e, em seguida, tentar anotar o máximo de argumentos possível na seção do corpo.

4. Escreva seu ensaio ilustrativo

Com tudo o que você fez até agora, escrever um ótimo ensaio ilustrativo não deve ser um problema. Basta transformar suas ideias principais em parágrafos curtos e aumentar cada um com as evidências correspondentes.

5. Verifique se há erros ortográficos e gramaticais no papel

Não importa o quão eloquente ou bem elaborado seu ensaio possa ser, ele não receberá a nota mais alta com erros de ortografia e gramática. Sempre use uma ferramenta como Grammarly , Assignment Help ou Hemingway para revisar o documento.

6. Verifique o seu trabalho mais uma vez

Antes de enviar o documento, você deve lê-lo novamente e tentar identificar possíveis deficiências. Dessa forma, você pode fazer correções antes de enviar a versão final.

The Bottom Line

Escrever um ensaio ilustrativo não é fácil, mas a tarefa é muito mais simples se você seguir estritamente os princípios fundamentais. Mostramos como escrever uma dissertação ilustrativa em algumas etapas práticas, mas agora cabe a você provar suas habilidades de pesquisa e obter aquela nota A + tão necessária. Boa sorte!

Show More

Piter Bunn é um blogueiro e redator do EssayShark e de muitos outros serviços de dissertação . Piter vem da Virgínia, onde fez pós-graduação em literatura francesa. Ele é pai de dois filhos e um viajante apaixonado.

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®