10 maneiras de aproveitar ao máximo a experiência de estudar no exterior

10 maneiras de aproveitar ao máximo a experiência de estudar no exterior

Uma chegada sem problemas pode ser o início de uma experiência bem-sucedida. Saiba o que esperar no primeiro dia de sua chegada aos EUA.

de aproveitar ao máximo a experiência de estudar no exterior

1. Prepare-se antes de sair do seu país.

Uma chegada sem problemas pode ser o início de uma experiência bem-sucedida. Saiba o que esperar no primeiro dia de sua chegada aos EUA. Antes de chegar, esteja preparado para:

  • Procedimentos de entrada no país
  • Clima local
  • Traslado do aeroporto
  • Pagamento do curso e despesas de estada
  • Seguro-saúde
  • Um contato local (um funcionário, ou estudante da escola ou família hospedeira

Pergunte à escola que você está planejando freqüentar que serviços oferecem e como podem ajudá-lo.

2. Participe da sessão de orientação.

Uma das melhores formas de começar bem é participar da sessão de orientação. A maioria das sessões de orientação abrange aconselhamento e inscrição, um passeio pelo campus, oportunidades de conhecer os professores e funcionários e a oportunidade de fazer amizades antes do início das aulas. Por exemplo, no Green River College, oferecemos aos estudantes internacionais uma orientação abrangente de uma semana, incluindo um acampamento gratuito durante a noite e uma viagem a Seattle.

3. Elabore um plano de estudos.

Um plano de estudos equivale a uma programação do seu futuro. Esse plano deveria incluir suas metas de longo prazo, além das etapas a serem executadas para se atingir essas metas. Ele deveria ser escrito a lápis e não em pedra, pois o plano será alterado, revisado e atualizado à medida que o executa. Antes de chegar, você deveria ter alguma idéia do que planeja estudar, onde estudará posteriormente e o que pretende fazer após se formar.

4. Entenda o sistema educacional americano.

Os Estados Unidos oferecem uma ampla variedade de opções educacionais. Quanto mais você conhecer os diversos cursos e instituições, melhor estará preparado para encontrar opções que correspondam a seus interesses, formação e situação financeira.

5. Fale com seu orientador.

Os orientadores pedagógicos internacionais estão à disposição para ajudá-lo com vários aspectos da sua educação. Podem ajudá-lo a entender o sistema, preparar um plano acadêmico, fazer a matrícula nas matérias, escolher o curso em que vai se formar e até mesmo ajudá-lo com questões pessoais e de choque cultural. Conheça seu orientador. Quanto mais eles o conhecerem, mais poderão ajudá-lo! Estes serviços variam de universidade a universidade.

6. Pratique inglês.

Aproveite o fato de estar em um país que fala inglês para praticá-lo em todos os lugares e em todas as oportunidades que tiver. Se o seu objetivo é aprimorar seus conhecimentos de inglês, matricule-se num programa intensivo de inglês. Qualquer que seja o seu nível de inglês, procure utilizá-lo todas as vezes que tiver oportunidade—com a família anfitriã, na sala de aula, no refeitório e no supermercado. Se tiver amigos que falam a sua língua materna, incentive-os a falar inglês quando estiverem juntos. Use o inglês em todas as oportunidades de comunicação que tiver.

7. Participe nas aulas.

Aqui nos Estados Unidos, os professores esperam que os estudantes participem ativamente durante as aulas. Geralmente a participação do aluno é computada na nota final. Isso pode ser muito diferente do estilo de ensino a que você está acostumado. Não se iniba. Não existem respostas certas ou erradas. Levante a mão e compartilhe seus comentários e opiniões.

8. Conheça a cultura local.

É claro que a prioridade deveria ser os seus estudos, mas a oportunidade de conhecer uma cultura diferente é muito importante na experiência de estudar no exterior. Portanto, após fazer a lição de casa, seja turista. Nos fins de semana e férias escolares programadas, vá passear! Tanto quanto o seu orçamento permitir, conheça os pontos turísticos da região em que se encontra e de outros locais dos Estados Unidos.

9. Participe.

O seu bem-estar e capacidade de ajustar-se a uma nova cultura dependem muito do seu grau de participação. Participe de atividades que costumava fazer em seu próprio país. Ou tente algo novo. Se desejar praticar algum esporte, participar de algum grupo ou fazer parte do grêmio acadêmico, envolva-se cedo e assiduamente. Faça amigos e desenvolva sua própria rede de apoio.

10. Estude.

Com tanta coisa para ver e para fazer, e com seus pais distantes, às vezes é fácil relaxar nos estudos. Não deixe que isso aconteça! Bons hábitos de estudo são fundamentais para o êxito do estudante. Programe o seu horário de estudos e siga-o. Informe seus amigos sobre o mesmo e quando está livre para encontrar-se com eles ou falar ao telefone.

Acima de tudo, divirta-se! Arrisque, cometa erros e depois ria de si próprio! Estudar no exterior pode ser uma experiência maravilhosa e inesquecível. Aproveite cada momento, pois isso seguramente mudará a sua vida!

Show More

Por Wendy Lee Stuart
Wendy Lee Stewart, diretora do departamento de matrículas internacionais no Green River Community College, 
www.greenriver.edu/international

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®