Yuki Isogawa, do Japão: especialização em marketing na Alfred State, SUNY College of Technology

Yuki Isogawa, do Japão: especialização em marketing na Alfred State, SUNY College of Technology

Em nosso esforço para levar um bom conteúdo para o maior número possível de pessoas, o texto deste artigo foi traduzido automaticamente, então desculpe quaisquer erros. Obrigado!

Entrevista:

1. Por que você decidiu estudar nos EUA?

Eu estava interessado em aprender outras culturas estrangeiras. Especificamente, os EUA estão misturados a muitas culturas. Além disso, eu queria falar inglês fluentemente ao mesmo tempo, queria aprender algo em inglês.

2. Como você escolheu seu programa? Mencione fatores como localização, reputação e programas especiais oferecidos. O que o atraiu em sua escola em particular? Por que é um lugar especial?

Escolhi o Alfred State College porque a escola que frequentei para preparar meu estudo no exterior era afiliada à faculdade. Ouvi do meu orientador que o Alfred State College oferece um ótimo serviço para estudantes internacionais. Além disso, é um pouco perto de Nova York, mas no interior; isso significa que posso me concentrar no estudo do que na cidade.

3. O que você mais gosta de estudar aqui?

Existem muitas oportunidades de liderança no campus. Estou trabalhando como assistente no escritório internacional, onde poderia planejar e implementar eventos e aprender sobre liderança realmente atuando como líder.

4. O que você mais sente falta em casa?

Comida japonesa, minha família e meus amigos. Às vezes, falo pelo skype com minha mãe e amigos para ficar em dia.

5. Há quanto tempo você estuda aqui? Como seu inglês melhorou? Como este programa o ajudou a lidar com seus estudos futuros em uma universidade dos Estados Unidos?

Estou aqui há dois anos. Quando cheguei aqui, meu inglês era ruim. Eu podia ouvir, mas era difícil para mim falar o que quero dizer em inglês. No entanto, em muitas aulas de administração, tive muitas oportunidades de praticar e falar na frente das pessoas. Isso me deixou confiante.

6. Qual foi a sua maior surpresa sobre a vida e a educação nos Estados Unidos?

Estudantes americanos expressam sua opinião voluntariamente nas aulas. No Japão, na maioria das vezes, as pessoas não faziam isso, a menos que fosse obrigatório quando eu estava no colégio.

7. ... sua maior decepção?

Não posso fazer nada sem carro perto da minha faculdade. Eu sou da minha cidade, Osaka, no Japão, e costumava usar transporte público o tempo todo. Embora existam serviços de ônibus para compras de supermercado, a faculdade fica no meio do nada, então sempre precisamos de um carro para ir a algum lugar. É difícil viajar.

8. Como você lidou com:

... diferenças de idioma?

O programa de parceiros que falam inglês no campus me ajudou a melhorar muito minhas habilidades em inglês. Meu coordenador internacional me apresentou um falante nativo e conversamos uma vez por semana. Além disso, tentei conversar com estudantes americanos e fazer amizade com eles, para que pudesse aprender e conversar em inglês.

9. ... finanças?

A mensalidade para estudantes internacionais é muito mais cara do que para estudantes americanos. Por isso, trabalho muito no campus para ajudar minha mãe a pagar as mensalidades. Tenho trabalhado como assistente de habitação, assistente de escritório internacional e trabalho de estudante no refeitório.

10. ... ajustando-se a um sistema educacional diferente?

Há muito tempo para pensar e produzir, escrevendo ensaios, trabalhando em grupo e fazendo apresentações quando estou aprendendo nos Estados Unidos. Comparado a isso, sinto que sempre estive memorizando termos no Japão.

Alfred State, SUNY College of Technology

Show More

SUSA_img_200x55.jpg
Baixe nossas revistas Study in the USA®